SEJAM BEM VINDOS AO MEU BLOG, O OBJETIVO É FALAR DAS EXPERIÊNCIAS QUE TENHO AO LONGO DOS MEUS DIAS, AQUI SABERÃO UM POUCO DE MIM, DO QUE PENSO E DO QUE ACHO QUE SEI, BOA LEITURA E DIVERSÃO.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

JOGO LIMPO:

A história de Botafogo x Vasco apontava que o clube da colina era freguês em decisões para o alvinegro da estrela solitária, mas a decisão da Taça Rio que definiu o adversário do Fluminense pelo título carioca poderia reservar surpresas? Não, valeu a lógica das estátisticas, de um lado, um time que apesar de invicto não gozava da confiança de sua torcida, do outro, um time aliviado e forte como há muito não se via em São Januario, foi primeira decisão do Botafogo no Engenhão, era mais uma chance do Vasco tirar o estigma de vice, uma decisão digna pelo bom momento de ambas as equipes , com a bola rolando deu Botafogo na terra e no ar no primeiro tempo, mais uma vez, o time do Vasco apresentou sua defesa desarrumada e logo aos 4 minutos, o uruguaio Loco Abreu já fazia seu primeiro gol, com muitos erros de passe, o Vasco demorou a engrenar no jogo, quando engrenou perdeu três chances claras com Éder Luis e isso custou caro, todo mundo sabe que a jogada forte do alvinegro é a bola aerea e mais uma vez a jogada deu certo, Elkeson cobrou falta no segundo pau, Fábio Ferreira escorou e Loco Abreu livre fez 2x0 com um detalhe, os seus dois gols foram com o pé direito, no fim do primeiro tempo, o meia Felipe injuriado com toda razão, afirmou que Cristovão Borges havia alertado todo o time para a jogada pra lá de manjada e mesmo assim, o adversário obtive sucesso. A grande diferença da primeira etapa foi a seguinte no resumo, o Botafogo aproveitou suas oportunidades e o Vasco que ensaiou até um dominio na metade do primeiro tempo não.
Para o segundo tempo, o time cruzmaltino veio modificado, Allan entrou no lugar de Alecsandro e Juninho entrou na vaga de Felipe, o que achei errado, Felipe vinha bem, acho que Felipe Bastos que errou quase tudo, não foi bem e ele sim, poderia sair. Alias, o treinador vascaino teve medo de expor ainda mais o time quando deixou de levar a campo o melhor meio campo do time no ano, com Rômulo, Allan, Juninho e Felipe, era qualidade, rapidez e técnica, essa escalação foi usada em um jogo da Libertadores contra o Libertad do Paraguai em São Januario, faltou ousadia.
O time teve duas chances logo no inicio, mas vale ressaltar que o Botafogo teve uma postura de time campeão, soube bloquear as melhores jogadas do Vasco, exatamente como os cruzmaltinos fizeram com o Flamengo na semana passada, Maicosuel em cima de Fágner por exemplo, foi uma dessas joagdas anuladas pelo sistema de jogo de Osvaldo de Oliveira, a disciplina tática de Fellype Gabryel que jogou na função de Renato é algo que se deve elogiar e muito, o meia foi a principal figura no meio campo ao lado do Marcelo Mattos, transmitiu segurança e distribuiu muito bem a bola, era uma qualidade que só o treinador que trabalhou com ele no Japão tinha ciencia, ele é um jogador bem diferente daquele que jogou no Flamengo e Cruzeiro, e foi com ele que surgiu o lance do terceiro e fatídico gol, saindo pelo meio campo com muita desenvoltura e bola dominada, ele sofreu uma falta que Antônio Carlos bateu em um lançamento milimétrico para Maicosuel que ganhou de Fágner no alto e deslocou Fernando Prass para fazer 3x0, vale ressaltar que o Vasco não tinha em seu banco nenhum atacante, um erro ao meu ver pra lá de primário, em compensação, deixou no banco dois volantes, um equívoco imperdoavel para qualquer jogo, quanto mais para uma final. Depois do terceiro gol, o Vasco que já não jogava bem, errou tudo que tentou, erros de passes primários denunciaram que o time ficou muito abalado e cometeu faltas duras diante do baile e das jogadas de efeito do adversário, o que restava ao time da Colina era tocar a bola apenas e pensar na partida de Quarta contra o Lanús da Argentina em São Januario, o que importa é que o time tem chegado, são fases que grandes clubes vivem e que faz parte do amadurecimento de um clube, foi assim com o São Paulo antes daquela fase vencedora e com o Internacional antes de ganhar a América do Sul duas vezes, Carlos Alberto diminuiu aos 35 em uma tabela com Rodolfo e o time até ensaiou uma pressão, mas já era tarde, o Botafogo conquistou o título da Taça Rio com autoridade e de forma muito merecida pelo jogo que apresentou e pela dedicação de todo o time em campo. O Botafogo terá pela frente o Fluminense em dois jogos nos próximos dois finais de semana, é uma decisão que não acontece desde 1971. O tricolor tem mais elenco com opções bem variadas, Deco pode fazer a diferença mais uma vez. Já no Botafogo, esse título fez justiça a melhor contratação do estado do Rio de Janeiro para o campeonato, Andrézinho não é craque, mas sabe muito bem o que faz com a bola, o avatar sabe conduzir um meio campo como poucos e ontem até no sacrificio jogou, é um jogador indispensável e o que a torcida alvingera fez para com esse jogador de suma importância no esquema do competente Osvaldo de Oliveira que não é unanimidade no clube ainda, mas tem carísma e personalidade para isso de sobra, foi covardia.

Assim como o Flamengo, o Vasco também precisa de reforços em alguns setores, a lateral esquerda, o comando do ataque, o miolo de zaga sem Dedé não é nada e no meio campo falta alguém habilidoso que corra mais que Juninho e Felipe.

Quarta, o Vasco joga pela Libertadores como já avisamos acima contra o Lanús da Argentina, a torcida tem que lotar o estádio e separar uma competição da outra, já o Botafogo vai ao Barradão jogar contra o Vitória da Bahia do artilheiro do Brasil, Neto Baiano.

RAPIDINHAS:

- Avaliando a final da Liga dos Campeões da Europa, o jogão do dia 19 de Maio na casa do Bayern, vai ser o jogo dos reservas, muitos jogadores foram suspensos com cartões, ao meu ver, o Chelsea é o maior prejudicado, dos suspensos da grande final, dois brasileiros estão fora, Ramires pelo clube inglês e Luis Gustavo pelo clube alemão, por um outro lado, David Luiz pode reaparecer no Chelsea e Rafinha deve aparecer na lateral do Bayern que na minha ótica é o favorito, favorito por ter jogado de igual pra igual e ter em campo um plano tático que valoriza a posse de bola e as suas peças que podem decidir em um passe ou em uma conclusão, Ribéry, Robben, o grandalhão Mário Gomez e o reserva de luxo Moeller, já no time inglês, podemos avaliar como peças que teriam condições de decidir o meia Lampard que não vem jogando o seu melhor e o meia espanhol Matta, Drogba é o homem gol e dele pode- se esperar tudo, das ausências, o irreponsável John Terry é a maior, por ser lider e capitão do seu time, além do nome e história que possui.

- Foi- se o tempo que as penalidades máximas eram comemoradas como gol antes de sua cobrança, diante de tantas frases como a de César Luis Menotti que dizia que penalidades nem deveria ser comemoradas porque qualque um faz ou que pênalti é loteria, eu fico com a que pênalti é treino, mas também depende do estado de espirito do jogador na partida, já vi muita gente grande perder, como também decidir, mas o que estamos assistindo ultimamente aqui no Brasil e no exterior, mostra que os goleiros vem se aprimorando e muito, eles tem se tornado gigantes nessa hora decisiva e os batedores estão sentindo o gol diminuir e a pressão aumentar.

- Vendo o jogo entre Internacional x Fluminense, constatamos que muitos treinadores estão perdendo o comando dentro de campo com seus jogadores, no lance da penalidade máxima em Leandro Damião, sem os batedores oficiais em campo (D´Alessandro e Kléber), Dorival ordenou que o lateral Ney fosse para a cobrança, mas Dáttolo pegou a bola disse que bateria, se fizesse nada disso estaria sendo discutido, mas ele perdeu e prejudicou o time, faço a pergunta, de quem foi a culpa, do Dorival por não se impor, do Ney por ter se omitido ou do Dáttolo por não ter obedecido?

- Se na Liga dos Campeões da Europa não rolou a final entre dois times espanhois, na UEFA a história foi bem diferente, o Atlético Madrid de Miranda, Diego e Falcão joga a final da competição contra o Atlétic Bilbao do atacante Llorente.

- Tivemos no Domingo a São Paulo Indy 300, o GP do Brasil na Fórmula Indy teve a vitória de Will Power, foi a terceira vitória do australiano em três edições no Anhembi, em segundo lugar chegou Hunter-Reay e em terceiro, o japonês Takuma Sato, o melhor brasileiro foi Helio Castroneves que chegou em quarto lugar, Rubens Barrichello chegou em 10º, Tony Kanaan e Bia Figueiredo se envolveram em acidentes e não completaram a prova.

- E o Barcelona perdeu o melhor técnico do planeta, Guardiola deixa no fim da temporada o clube catalão apesar do apelo dos atletas para que fique, o ex- volante afirmou que o tempo desgasta tudo e de fato, houve um grande desgaste com as últimas perdas, na mesma semana três resultados negativos, mas isso não apaga a brilhante carreira a frente do melhor time do mundo por 4 temporadas. Sob seu comando, o time catalão conquistou 13 dos 18 títulos disputados. O que será desse time agora?

- O técnico Bernardinho divulgou na sexta-feira a lista dos 18 convocados para a Liga Mundial de Vôlei e incluiu o levantador Ricardinho, do Vôlei Futuro, entre os escolhidos. Bruno, que acertou com o RJX, será o outro jogador na posição. Com a entrada de Ricardinho, Marlon, do RJX, ficou de fora. Outro cortado foi William, do Cruzeiro. VEJA A LISTA COMPLETA DE CONVOCADOS:

Levantadores: Bruno (RJX) e Ricardinho (Vôlei Futuro)
Opostos: Wallace (Sada Cruzeiro), Leandro Vissotto (Cuneo), Theo (RJX), e Renan (BMG/São Bernardo)
Centrais: Éder (Cimed/SKY), Sidão e Rodrigão (Sesi-SP) e Lucão (RJX)
Ponteiros: Giba (Cimed/SKY), Murilo (Sesi-SP), João Paulo Bravo (Arkas Spor Kulubu), Dante (RJX), Lucarelli (Vivo/Minas) e Maurício Borges (Sada Cruzeiro)
Líberos: Serginho (Sesi-SP) e Mário Junior (Vôlei Futuro)

Ricardinho estava afastado da seleção desde julho de 2007, quando, pouco antes dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, foi cortado do grupo. Até hoje os reais motivos são desconhecidos. Desde então, o levantador ficou cerca de dois anos sem sequer falar com a comissão técnica e com os jogadores que integravam o grupo.

- Hoje as 15:45h, com transmissão da Redetv, tem a decisão antecipada do campeonato inglês, a Premier League, entre Manchester Unidet x Manchester City, imperdivel!!!!

- Além do poderoso Real Madrid, o Paris Saint Germain também está interessado no garoto Lucas do São Paulo, tanto que mandou representantes ao Brasil para ver o menino em ação contra o Santos.

- E nas finais dos campeonatos regionas, poucas surpresas, no Rio, Fluminense x Botafogo, em São Paulo, Santos x Guarani, em Minas Gerais, Atlético MG x América, na Bahia, Vitória x Bahia, no Rio Grande do Sul, Caxias x Internacional, no Paraná, x, em Santa Catarina Avai x Figueirense, x, em Goias, Atlético GO x Goias, no Ceara, Fortaleza x Ceara, em Pernanbuco, Sport x Santa Cruz ou Salgueiro que jogam hoje. Haja coração!!!!

- A Globo tem mostrado a Liga dos Campeões e tem feito boas matérias sobre a competição, mas o texto chinfrin do ´´ gostosão`` Régis Rosing que literalmente enchia linguiça foi uma bola fora dentro Esporte Espetacular.

- O mau da Globo é o exagero em certas coisas, foi só o Ramires fazer o gol contra o Barcelona e já o chamam de craque, ele não é e acho dificil que seja um dia.

- Muito legal o campeoanto de video game mostrado no Esporte Espetacular, Alex Escobar e Caio deram um show, alias, os dois estão entre os melhores na categoria esporte hoje na tv.

Por hoje é só, até Quinta.

CONVITE:

LEVANDO NA ESPORTIVA 4

AOS FÃS E OUVINTES DO BLACK TOTAL

OUÇA E BAIXE O BLACK TOTAL 12 >>>>>

GRAVADO NO WBSL STUDIO

LOCUÇÃO E SELEÇÃO MUSICAL - WAGUINHO & THAMYRES KUN

PRODUÇÃO: THAMYRES KUN & WAGUINHO

BRUTAL & GROSSEIRÃO²

É HOJE...

HEROIS NEGROS

João Carlos de Oliveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

João Carlos de Oliveira
João do Pulo quebrando o recorde mundial do salto triplo nos Jogos Pan-Americanos da Cidade do México, em 1975.
Athletics pictogram.svg Atletismo
Nome completo João Carlos de Oliveira
Apelido João do Pulo
Modalidade salto triplo e salto em distância
Nascimento 28 de Maio de 1954
Pindamonhangaba, (SP)
Nacionalidade Brasil brasileira
Falecimento 29 de maio de 1999 (45 anos)
São Paulo, São Paulo
Compleição Peso: 76 kg Altura: 1,86 m
Clube EC Pinheiros
Medalhas
Jogos Olímpicos
Bronze Montreal 1976 Salto Triplo
Bronze Moscou 1980 Salto Triplo
Jogos Pan-Americanos
Ouro Cidade do México 1975 Salto Triplo
Ouro Cidade do México 1975 salto em distância
Ouro San Juan 1979 Salto Triplo
Ouro San Juan 1979 salto em distância

João Carlos de Oliveira, conhecido como João do Pulo, (Pindamonhangaba, 28 de maio de 1954São Paulo, 29 de maio de 1999) foi um atleta saltador brasileiro e ex-recordista mundial do salto triplo.[1][2][3]

Em 1973, treinado pelo ex professor da USP Pedro Henrique Camargo de Toledo conhecido como "Pedrão", quebrou o recorde mundial júnior de salto triplo no Campeonato Sul-Americano de Atletismo com a marca de 14,75 m. Em 1975, dois anos depois, nos Jogos Pan-Americanos da Cidade do México conquistou a medalha de ouro no salto em distância com a marca de 8,19 m e em 15 de outubro, também a medalha de ouro no salto triplo, com a incrível marca de 17,89 m, quebrando o recorde mundial desta modalidade em 45 cm, e que pertencia ao soviético Viktor Saneyev.[4][5][6]

Era o favorito a medalha de ouro no salto triplo nos Olimpíada de Montreal em 1976 mas com a marca de 16,90 m foi superado pelo soviético Viktor Saneyev e pelo americano James Butts.

Em 1979, nos Jogos Pan-americanos de Porto Rico, João do Pulo tornou-se bicampeão tanto do salto triplo como do salto em distância.

Em 1980, nas Olimpíadas de Moscou novamente favorito a vencer o salto triplo, novamente ficou com a medalha de bronze, superado respectivamente pelos soviéticos Jaak Uudmae e Viktor Saneyev. Os fiscais anularam 3 de suas 6 tentativas, fato que causou muitas especulações até os dias de hoje.[7][8][9]

Acidente

Teve a carreira de atleta brutalmente interrompida em 22 de dezembro de 1981, quando sofreu um acidente automobilístico. Sua perna direita teve que ser amputada e seu desempenho atlético ficou comprometido.

Após a recuperação, formou-se em Educação Física e entrou na vida política sendo eleito deputado estadual em São Paulo pelo Partido da Frente Liberal, em 1986, e reeleito em 1990.

João do Pulo morreu em 1999 devido a cirrose hepática e infecção generalizada, solitário e com dívidas financeiras. Deixou dois filhos. Foi homenageado pelos compositores Aldir Blanc e João Bosco com a canção "João do Pulo".

Seu recorde mundial somente foi batido quase dez anos depois pelo americano Willie Banks com 17,90 m em Indianápolis em 16 de junho de 1985. Seu recorde brasileiro e sul-americano só foi batido vinte e dois anos depois por Jadel Gregório, com 17,90 m, em Belém no dia 20 de maio de 2007 (que coincidentemente também foi atleta do antigo técnico de João do Pulo).

LEVANDO NA ESPORTIVA³

ESSE É O BRASIL...

SUGESTÕES MUSICAIS

















































PENSE NISSO...

EXTRAIDO DO BLOG: TE DOU UM DADO

Modos, garota

Publicado por: Lele

Fazia muito tempo que não visitávamos o perfil da nossa musa primeira, um pouco eclipsada, atualmente, por Luana Piovani.
Aí resolvemos ir até o Twitter da Jaque Khury pra ver como ela tá. E lemos isso:

jaque1 Quem nunca?

Ô Jaque, a gente até escreveria algumas palavras de carinho no Twitter pra te consolar, mas você não leria porque estamos bloqueadas.

Fica aqui então nosso abraço, e se quiser afogar as mágoas, tamos aí.

LEVANDO NA ESPORTIVA²

BRUTAL & GROSSEIRÃO

EXTRAIDO DO KIBELOCO:

FICA A DICA

Falta pouco para acabar o prazo da declaração do Importo de Renda. Siga atentamente as dicas abaixo, evite problemas com a Receita e seja feliz!

Essencial.

NOTÍCIAS QUE VÃO MUDAR O MUNDO (PARTE 609)



Adriana Birolli tira meleca do nariz em aeroporto

***

Aí o PIB da Espanha cai 0,3%, o país entra em recessão e você não sabe por quê.

EGO TRIP (PARTE 140)

Enquanto isso, no portal de um conglomerado qualquer…

Jura?

Próxima!

VICE DE NOVO (PARTE 9)

Enquanto isso, no Draw Something, uma espécie de “Imagem & Ação” digital…

Impossível errar.

Via Betão… via Marcos Behrens.

TV AO VIVO

TV ao vivo: a qualquer momento, um comentário cretino sobre o que está no ar, em tempo real, na televisão brasileira.


Se meu filho estivesse entre a vida e a morte, a última coisa que eu faria seria sair de perto dele, me maquiar e falar sobre isso, sobre a retomada da minha carreira ou cantar entre um merchandising e um “Aumenta o som da TV aí na UTI do Sírio!” do Faustão.

Mundo cão é pouco.

VICE DE NOVO (PARTE 8)

Senhoras e senhores, com vocês, uma série que flamenguistas, tricolores e botafoguenses não cansam de assistir…

Não entendeu? Clique AQUI e AQUI.

Dedicado a Francisco “Kiko” Abreu (que é flamenguista enrustido) e Dr. Edson Luiz Atallah de Mattos.

VICE DE NOVO (PARTE 7 – ATUALIZAÇÃO)

Vasco: 14 vices em 13 anos.

Dedicado a Fábio Porchat e Marcos Veras.

PRACAS DO BRAZIU (PARTES 1781 A 1800)

Enviadas por Murilo Almeida, Jr. Melo, Camila Nadolny, Aldemir Santos, Nanci Lima, Vitor Maione, Jasmin Venegas, Jackelline Pessoa, Arthur Carvalho, Leonardo Polloni, Rafael Piske, Andrea Bonoli, Saulo Benigno, Rubens Felix, Fernanda Machado Silva, Guilherme Cid, Danilo Novais, Flavio Balreira e Bruno Gomes.

CONVITE:

O MAIOR VICE DO RIO DE JANEIRO

EXTRAIDO DO BLOG DE XICO SÁ

Xico Sá

Modos de macho, modinhas de fêmea & outros chabadabadás

Perfil Xico Sá, 48, escritor e jornalista, colunista da Folha

Leia mais

Quase esqueci o dia da Sogra. Imperdoável

Sorte teve Adão, que não teve sogra nem caminhão.

Desculpe ai, mas justo este blog que tem obrigação moral com as efemérides e toda uma cultura de almanaque ia esquecendo o dia mais sagrado. O Dela. A Sogra. É hoje.

Se não fosse a Helen, linda leitora, adeus, não iria prestar a homenagem de sempre às mães das minhas meninas.

Folclorizada no último, espécie de bumba-meu-boi dos casamentos, a sogra sempre foi motivo de chacota e demonização nos lares doces lares.

Óbvio que há um certo e maligno inseticida do exagero pulverizado sobre a mãe das nossas mulheres, mas, convenhamos, as referidas senhoras estão longe de obter o alvará de soltura e de inocência neste debate.

O problema é sério e universalíssimo. Não há a velha divisão antropológica -entre civilização e barbárie- em matéria de sogra. A mãe da cria das nossas costelas age da mesma forma em qualquer parte do planeta.

Seja na Suécia, no Crato ou no reino dos esquimós e avatoscos.

Viram só a iniciativa da Igreja Católica na Itália? Começou a tentar reeducá-las, em nome da manutenção dos casamentos e da paz nos lares doces lares. Incluíu no pacote de moral cristã também os sogros. Eles perturbam menos, porém também carecem de uns bons pitos e cascudos.

O curso para as queridas sogras começou na cidade de Udine, no norte italiano. A tendência é que o Vaticano o estenda pelo mundo inteiro. O projeto, com ajuda de altos e gabaritados psicólogos, se chama “Famílias em diálogo, como ser pais eficientes com filhos que vivem a experiência de casal”.

Em alguns rincões daquele lindo país macarrônico, os sogros são responsáveis por até 50% do desmantelo conjugal dos pombinhos. Os outros 50% devem ficar por conta do tédio propriamente dito e inevitável dos casais, claro, a falta de sexo, a infidelidade, o futebol retranqueiro etc etc.

Nunca cheguei a ter uma dona Olímpia como sogra, mas, amigo, não tenho grandes queixas de nenhuma delas, sempre me alimentaram com bons caldos e sopas e até riram generosamente das minhas pilhérias sem graça nos almoços dominicais. No mínimo, havia um bom tratamento a um poeta maluco que amava suas filhas –com algum risco que isso pudesse implicar, claro.

Dona Olímpia, amigo(a) leitor(a) da Espresso, foi a melhor sogra do mundo, a perfeita, aquela que descobriu a forma de fazer filha e genro felizes. Felizes na medida em que isso é possível em um casório, formalidade que na maioria das vezes destrói os ensaios de grandes amores.

A distinta senhora, reza a lenda lítero-boêmia, existiu de fato, é a personagem maravilhosa do “Livro de uma Sogra”( editora Casa da Palavra, RJ) do escriba Aluísio de Azevedo, aquele mesmo autor de “O Mulato” e “O Cortiço”, tão obrigatórios nas escolas e nos vestibulares.

Com a sua sogra exemplar, no entanto, o maranhense é divertidíssimo.

Livraço. Olímpia, ainda no remoto 1895, sabe tanto das coisas que sempre trata de separar, com pequenas viagens e obrigações nada chatas, a sua filha e o consorte. Tudo para que nunca caiam na rotina acachapante.

Quando noivos, reparem que gênia, ajuda a criar histórias que o deixem no suspense amoroso, apenas com boas pontinhas de ciúmes.

Olímpia, que já havia passado por um casamento desastroso, fastio danado, cuida até em reduzir a solenidade da lua de mel, orientando os recém-casados a se embriagarem sem a obrigação do grande coito na noite inaugural.

A consumação do amor,segundo ela, não poderia ser algo burocrático e abrupto, viria num crescendo de beijos e ternuras até uma explosão naturalíssima. Gênia. Um belo exemplo!

“Sorte teve Adão, que não teve sogra nem caminhão’?

Não concordo não. Pela primeira vez na vida desaprovo uma filosofia de parachoque -escolástica taõ importante na vida quanto a cátedra, seja UFPE, a melhor do Brasil, seja a USP.

EU CREIO...

SÉRIE: MERDAS QUE O BRASIL CULTUA

Filho de Ronaldo Fenômeno vira exemplo em quadro de controle de peso no Fantástico

Ronald, filho de Ronaldo Fenômeno, virou exemplo no quadro “Medidinha Certa”, do Fantástico. O garoto tem apenas 12 anos e já tem 1,80 metros e superou o problema de ser gordinho, que o atrapalhava até pouco tempo.

No programa exibido na noite deste domingo, Ronald deu dicas para os participantes do programa e contou que faz esportes desde os seis meses de idade, quando começou a praticar natação. De lá para cá, ele já jogou bola, lutou jiu-jitsu, jogou handebol entre outras atividades físicas.

Além disso, Ronald afirmou que só come alimentos consideráveis saudáveis durante a semana e aproveita o fim de semana para beber bastante refrigerante e comer outras besteiras que atrapalham a dieta de qualquer criança.

EVOLUÇÃO

Os computadores portáteis começaram a ser vendidos há cerca de 30 anos. O que chama atenção na evolução dos computadores durante esses anos é o peso e o próprio conceito de portabilidade. Na década de 80, por exemplo, uma estação que pesava pouco mais de 10 kg era considerada portátil -- algo impensável atualmente.

ENTRÃO...

Presidente do Bota atravessa Loco Abreu, pega troféu e abre festa do título; assista

Com os jogadores já no pódio, o capitão Loco Abreu se posicionou diante do troféu da Taça Rio e esperava recebê-lo das mãos de um represente da Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) para iniciar a festa do Botafogo, no Engenhão, após a vitória por 3 a 1 sobre o Vasco. No entanto, o presidente Maurício Assumpção se colocou na frente do ídolo uruguaio, “roubou” a taça na hora da entrega e iniciou a comemoração alvinegra pelo título do segundo turno do Campeonato Estadual.

Sem reação e com um olhar de desentendimento, Loco Abreu parecia não saber o que fazer e observou o mandatário botafoguense erguer a taça em seu lugar. Com um sorriso sem graça, em seguida, o atacante pegou o troféu e foi na direção dos jogadores para fazer a festa de atletas e comissão técnica.

Se com o presidente Loco Abreu evitou a polêmica e entrou no espírito de festa, o mesmo tratamento não foi dispensado pelo atacante aos jornalistas presentes no campo do Engenhão. Além de ofender fotógrafos que se posicionavam na frente do grupo para registrar a festa, o uruguaio se recusou a dar entrevistas alegando que estava “de saco cheio” da imprensa.