SEJAM BEM VINDOS AO MEU BLOG, O OBJETIVO É FALAR DAS EXPERIÊNCIAS QUE TENHO AO LONGO DOS MEUS DIAS, AQUI SABERÃO UM POUCO DE MIM, DO QUE PENSO E DO QUE ACHO QUE SEI, BOA LEITURA E DIVERSÃO.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

AOS FAS E OUVINTES DO BLACK TOTAL:

OUÇA E BAIXE O BLACK TOTAL 23 >>>>>

GRAVADO NO WBSL STUDIO

LOCUÇÃO E SELEÇÃO MUSICAL - WAGUINHO

PRODUÇÃO: WAGUINHO

CONVITE:


CONVITE:


EXTRAIDO DO BLOG - TE DOU UM DADO:

Detetivões

Publicado por: Lele
Recebemos da nossa leitora Aline a ficha técnica da concorrente Suelen Mercês, de Rondônia, que consta do site oficial do Miss Bumbum. Olha o perfume preferido da moça.
Gutiguti #vamostodosmorrermesmo versão Miss Bumbum
Gucci Guilty, Guthighilt, Jennifer Lopez, Jenifer Lopes, estagiário do site da Miss Bumbum, não me pagam pra fazer isso mesmo, google pra quê, vamos todos morrer mesmo.

CONVITE:


É ASSIM QUE TEM QUE SER....INFELIZMENTE


EXTRAIDO DO KIBELOCO:

VERDADE...


PARABÉNS AO BARÇA, BARÇA, BARÇA - 102 ANOS


VERDADE...

Caso Karina Veiga: o que você tem com a vida sexual alheia?

Se tem uma coisa que não consigo entender nessa vida é o interesse que as pessoas têm na vida sexual alheia. Esse interesse ainda se expande em querer meter o bedelho no relacionamento amoroso do outro.
E aí as pessoas acreditam que podem dizer o que é certo e errado, o que deve ser aceito ou não e como a pessoa deve agir. Além disso, quando existem problemas entre um casal, se forma uma corte, um júri popular e as pessoas acreditam que podem dar a sentença final. E ela sempre vem acompanhada de sons de
Foi o que aconteceu nessa madrugada. Uma garota traiu o namorado. Ok, isso acontece todos os dias e não diz respeito a ninguém além do casal. Nem o cara que ela ficou ou teve um caso tem algo com isso. Quem tinha um compromisso era ela e o namorado, mais ninguém, certo?
Aí, é claro, como já estamos acostumados a ver, a internet virou um tribunal. E a garota foi massacrada, afinal, mulher que trai é muito pior do que homem que trai. Ainda não consegui entender essa lógica, mas é o que rola por aí.
Mas dessa vez as coisas não pararam por aí. O cara, com sua macheza ofendida, resolveu se vingar — quanta honra máscula, hein — e colocou fotos dela na internet. É claro que os dois tinham vida sexual, é claro que ela topou que as fotos fossem tiradas, mas tenho certeza que ela nem sonhava que seria exposta dessa maneira.
Ela foi burra em tirar as fotos? Talvez, mas quem sou eu — ou você — pra julgar as taras de cada um? Ela confiava no cara? Claro que sim, porque é isso que faz com que os relacionamentos existam, as pessoas se entreguem e tentem ser felizes. E não, a traição não anula tudo o que eles viveram.
O que mais choca nessa história toda nem é o ego ferido do cara ou a situação triste que a garota vai ter que enfrentar daqui pra frente — porque, diferente da Carolina Dieckman ou da Daniela Cicarelli, por exemplo, as fotos dela não vão sumir da rede, ninguém vai fazer uma varredura pra isso e ela não vai poder ir ao Fantástico dizer como se sente com tudo isso.
O que me deixa mais assustada são as pessoas que fazem que essas imagens sejam divulgadas, que julgam, chamam a garota disso ou daquilo e questionam o tamanho das partes íntimas dela. Sério mesmo, gente? Quando foi que as pessoas se tornaram tão carniceiras assim? É culpa da internet?
Não, não é culpa da internet. Quem dá ordens ao computador é uma pessoa. E essa pessoa, igualzinha a você que está lendo e a mim, que escrevo, acha que tem o poder de decidir o futuro de alguém. A maldade não fica só online, ela vai para o dia a dia e está 100% do tempo com ela.
Falta amor ao próximo, falta respeito, falta empatia e, acima de tudo, falta entender que ninguém tem nada a ver com a vida amorosa de um casal se não for uma das duas pessoas.
Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).

A LUTA CONTINUA...

36% de pretos e pardos estavam no ensino superior em 2011

 
PEDRO SOARES
DO RIO

Atualizado às 14h03.
Em uma década, aumentou o acesso de pessoas de 18 a 24 anos pretas e pardas (classificação usada pelo IBGE) à universidade. Em 2001, apenas 10,2% dos jovens desses dois grupos étnicos juntos estavam matriculados no ensino superior. O percentual subiu para 35,8% em 2011, de acordo a pesquisa Síntese de Indicadores Sociais, do IBGE, divulgada nesta quarta-feira.

Dez anos, porém, não foram suficientes para anular o abismo que separa brancos e pretos e pardos no que se refere ao ingresso ao ensino superior. O grupo de pretos e pardos que tinham em 2011 um percentual de acesso à universidade inferior ao de brancos em 2001 (39,6%). A proporção de jovens brancos na faculdade aumentou para 65,7% em 2011.
Considerando o total, a proporção de jovens de 18 a 24 anos na universidade cresceu de 27% para 51,3%. Dois são os principais motivos, segundo o IBGE, o crescimento econômico e da renda (em especial dos mais pobres) e programas de acesso ao ensino superior, como a expansão do crédito estudantil e do ProUni (que reserva vagas na rede privada para a baixa renda).
Houve progresso, porém, em outro indicador educacional: o total de anos de estudo das pessoas do grupo etário de 18 a 24 anos, que avançou de 7,9 anos em 2001 para 9,6 anos.
O IBGE também constatou que caiu a defasagem idade-série, ou seja o atraso escolar, entre os jovens de 15 a 17 anos (idades de referência para o ensino médio). De todas as pessoas incluídos nesse grupo, 37,3% estavam na série certa para a sua idade em 2001. O percentual subiu para 51,8% em 2011.
Segundo o IBGE, uma boa notícia foi que melhorou proporcionalmente mais a adequação da idade do aluno à série correspondente para os 20% mais pobres e os pretos e pardos --neste último caso, num ritmo inferior.
Entre os mais pobres, o percentual avançou de 13% para 36,8% entre 2001 e 2011. Para pretos e pardos, a taxa subiu de 24,4% para 45,3% --enquanto que para os brancos variou de 49,5% para 60%. Do mesmo modo, porém, pretos e pardos ainda tinham em 2011 um indicador inferior aos dos brancos em 2001.
CRECHE E PRÉ-ESCOLA
Pelos dados do IBGE, cresceu o acesso à creche e à pré-escola, chegando a uma cobertura de 20,8% das crianças de 0 a 3 anos e de 77,4% das de 4 a 5 anos em 2011, respectivamente. Os percentuais eram de 10,6% e 55% em 2001, respectivamente.
"Isso é importante porque possibilita o maior ingresso da mulher ao mercado de trabalho", diz Ana Lúcia Sabóia, gerente da Síntese de Indicadores Sociais do IBGE.
O IBGE traçou ainda o perfil do analfabeto brasileiro com mais de 15 anos --8,6% da população. O analfabetismo tinha maior incidência entre homens (8,8% do total), de cor preta e parda (11,8%), com idade superior a 60 anos (24,8%) e pertencentes à faixa dos 20% de pessoas de mais baixa renda (15,1%). Residiam ainda na região Nordeste (16,9%) e nas zonas rurais (21,2%).

Editoria de arte/Folhapress

É MESMO!!!!?????

Cor determina mais desigualdade de renda do que sexo, mostra IBGE


 
PEDRO SOARES
DO RIO

A desigualdade de rendimentos no país é mais visível pela cor da pele do que por gênero, revela a Síntese de Indicadores Sociais, do IBGE, divulgada nesta quarta-feira. A renda feminina correspondia a 73,3% da dos homens, enquanto as pessoas de cor preta ou parda recebiam 60% da remuneração dos brancos em 2011.

Houve, porém, avanço frente a 2001, quando os percentuais eram de 69% e 50,5%, respectivamente, de acordo com o IBGE.
Os dados mostram que quanto maior a escolaridade, mais aumenta a diferença de rendimentos por gênero. A renda das mulheres com mais de 12 anos de estudo correspondia a 59,2% da dos homens do mesmo grupo --o percentual era de 52,6% em 2001.
Já os pretos e pardos com mais de 12 anos de estudo tinham remuneração, em 2011, equivalente a 67,2% da recebida por brancos --o percentual pouco avançou frente a 2001, quando era de 66,7%.
JORNADA DE TRABALHO
Em parte, a menor remuneração das mulheres deve-se ao fato delas terem uma jornada de trabalho menor. Os homens estão ocupados, em média, 6,3 horas semanais a mais em empregos formais. Nos informais, a diferença era de 9,4 horas.
Quanto maior o nível de educação, menor era a jornada de trabalho no caso dos homens, mas aumentava no caso das mulheres. Em 2011, as horas trabalhadas na semana ficaram em 41,4 para homens e 30,4 para mulheres com até oito anos de estudo.
Já para as pessoas com mais de 12 anos de escolaridade, o total de horas semanais trabalhadas era de 39,4 entre pessoas do sexo masculino e de 36,4 para mulheres.
TRABALHO FORMAL
Segundo o IBGE, o mercado de trabalho formal avançou no país em dez anos. Passou de 45,3% do total de trabalhadores em 2001 para 56% em 2011. Por diferentes motivos, a informalidade esta mais presente na população idosa (71,7% dos trabalhadores), já que muitos aposentados retomam à atividade, e dos jovens (46,5%) que abraçam a primeira oportunidade de trabalho.

editoria de arte/folhapress

RACIONAIS MC´S - NEGRO DRAMA AO VIVO NO RIO


JÁ VÃO TARDE!!!!

Didi e cassetas ficam sem programas na Globo em 2013

A turma dos cassetas e Renato Aragão (foto) não terão mais espaço na programação da Globo em 2013.
Tanto o “Casseta & Planeta” como a “Turma do Didi” acabarão em dezembro, sem possibilidade de novas temporadas no próximo ano. Os atores do elenco e a produção dos dois programas foram avisados na tarde de quinta-feira (29) que as duas atrações vão acabar. Muitos deles serão dispensados.
Os cassetas, que estão renovando contrato com a Globo, seguirão em projetos solos na emissora.
Renato Aragão também seguirá como contratado do canal, mas não deve ganhar uma nova atração tão cedo.
A emissora pretende investir em novos humoristas em 2013. Está tentando contratar Marcelo Adnet, da MTV.

EXTRAIDO DO BLOG DO ARRETADINHO: (ATRASADO, MAS VALE PELOS DADOS)

#JuventudeViva discute genocídio de negros no Brasil

Bate-papo #JuventudeViva discute genocídio de jovens negros no Brasil

Por Portal EBC



Bate-papo via hangout na segunda-feira (26) reúne Severine Macedo, secretária nacional da Juventude, o rapper GOG e o ativista André Santana (EBC)

As estatísticas sobre assassinatos no Brasil traçam um perfil predominante das maiores vítimas da violência no país: homens, jovens e negros. Dados do Ministério da Saúde apontam que mais de 53,3% das vítimas de homicídios no Brasil em 2010 tinham entre 15 e 29 anos. Do total, 76,6% eram negros ou pardos e 91,3% do sexo masculino.

As saídas para diminuir a mortalidade desses jovens são tema do bate-papo #JuventudeViva, que o Portal EBC promove na próxima segunda-feira (26), às 15 horas. O debate conta com a participação da secretária Nacional de Juventude da Presidência da República, Severine Macedo, do rapper Gog e do ativista André Santana, um dos organizadores da campanha Contrarie as Estatísticas, de Salvador. A videoconferência será transmitida por meio da ferramenta hangout (do Google) e será mediada pela jornalista Juliana Cézar Nunes, da Radioagência Nacional.

O Programa Juventude Viva, que será lançado na terça-feira (27), também estará em pauta. Trata-se de um plano de enfrentamento do genocídio de jovens negros no país, que é promovido pelo governo federal.

O internauta poderá participar do hangout enviando perguntas para os entrevistados ou dando sua opinião sobre o assunto. As mensagens podem ser enviadas pelo Twitter @ebcnaredee pelos perfis EBC na Rede no Facebook e Google+Nas mensagens, basta utilizar a hashtag #Juventudeviva.

Não se esqueça: o Hangout #Juventudeviva acontece na segunda-feira, dia 26 de novembro às 15 horas e será transmitido no Portal EBC.

HAHAHAHAHA!!!!


AVALANCHE LIBERADA

Após acordo, avalanche na Arena do Grêmio é liberada pela Polícia Militar

29 de Novembro de 2012 • 15h43 • atualizado às 16h28
Grêmio destinou setor da arquibancada específico para a tradicional \"avalanche\" da torcida Foto: Daniel Favero / Terra Grêmio destinou setor da arquibancada específico para a tradicional "avalanche" da torcida
Foto: Daniel Favero / Terra


 
Proibida na última terça-feira, a tradicional "avalanche", comemoração de gol da torcida do Grêmio no Estádio Olímpico, poderá acontecer na inauguração da arena tricolor, no próximo dia 8, após um acordo entre o clube e a Brigada Militar do Rio Grande do Sul, ocorrido na manhã desta quinta-feira.
Eduardo Antonini, presidente da Grêmio Empreendimentos, confirmou que a comemoração, já tradicional no Olímpico, poderá ser presenciada nos primeiros jogos da Arena. Já para que a avalanche seja liberada para 2013, um novo acordo terá de acontecer.
"Passamos a manhã toda reunidos. Chegamos a um acordo com a Brigada Militar e o Corpo de Bombeiros. Estudamos a legislação e a avalanche está liberada para os dois jogos deste ano e todo o ano que vem. Houve diálogo e prevaleceu o bom senso. A polícia é parceira na construção do estádio que é, sim, muito seguro", destacou Antonini, em entrevista à Rádio Gaúcha.
A tendência é que apenas parte do espaço sem cadeiras na Arena destinada à avalanche seja liberada. A capacidade do local, construído exatamente para a comemoração, também deve ser diminuída de 10 para 8 mil pessoas. Tais questões serão oficializadas em comunicado que será divulgado pelo clube.
O Grêmio se indignou com a proibição divulgada na terça e sensibilizou até Tarso Genro, governador do Rio Grande do Sul, para intervir no caso.

QUE DUREZA!!!!

Jogadores usam Viagra para entrar em campo, acusa atleta da NFL

29 de Novembro de 2012 • 15h41 • atualizado às 16h13
Brandon Marshall, do Chicago Bears, diz ter ouvido \"histórias loucas\" de atletas que tentam melhorar rendimento Foto: Getty Images Brandon Marshall, do Chicago Bears, diz ter ouvido "histórias loucas" de atletas que tentam melhorar rendimento
Foto: Getty Images


De acordo com Brandon Marshall, wide receiver do Chicago Bears na National Football League (NFL), alguns jogadores do principal campeonato do mundo de futebol americano usam Viagra para aumentar o rendimento em partidas. A declaração foi reproduzida nesta quinta-feira pelo jornal USA Today, em meio a uma investigação relacionada às suspensões referentes ao uso de Adderall, uma droga psicoestimulante.
Em conversa com jornalistas, Marshall disse conhecer jogadores que “tentam qualquer coisa para chegar ao limite” do potencial em campo. Ele afirmou ter escutado "histórias loucas", de "caras que usam Viagra". Segundo ele, é assustador conhecer alguns dos compostos químicos de tais substâncias, "então você precisa ser cuidadoso".
Segundo estudo mencionado pelo jornal, a Agência Mundial Antidoping (Wada, em inglês) nunca pôs o Viagra na lista de substâncias antidoping, pois nunca houve evidência científica de que aumentaria o desempenho atlético – ainda que o remédio trabalhe com a premissa de aumentar o fluxo sanguíneo no corpo, o que poderia ser utilizado no futebol americano.
Terra

EU ACREDITO....

Homem acusado de engravidar filha diz que a 'confundiu' com a mulher em Mato Grosso do Sul

Celso Bejarano
Do UOL, em Campo Grande
Um pedreiro de 44 anos de idade foi detido em Campo Grande nesta quarta-feira (28) acusado de engravidar a filha, por meio de estupros, por três ocasiões. O delegado Elton de Campos Galindo, da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), disse que a filha do pedreiro, hoje com 21 anos de idade, era estuprada desde os 13. Os ataques sexuais ocorreram, disse o delegado, de 2004 até 2009.

Já o pedreiro tem outra versão. Segundo ele, sua mulher punha a garota de 13 anos de idade para dormir entre o casal, na cama, e, daí, ele teria se “confundido”. A garota sustentou em depoimentos que nas primeiras vezes que foi violentada tentou se livrar do pai, mas levou surras pelas recusas.
O caso foi descoberto graças a um depoimento dado pela vítima a uma psicóloga do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul.  A mãe da garota, que seria alcoólatra, sabia dos casos, mas temia denunciá-los por medo do marido, segundo o delegado.
Os filhos-netos do pedreiro, já confirmados por exames de DNA, têm, hoje, seis, cinco e três anos de idade. As duas primeiras crianças, disse o policial, nasceram com problemas mentais, já que é maior o risco de filhos de relações entre parentes nascerem com anomalias genéticas.
O pedreiro foi preso no trabalho. Antes, ele havia sido notificado judicialmente para comparecer à audiência, mas desprezou o chamado. Segundo a polícia, o acusado confessou ter engravidado a filha, a mais velha de cinco filhos e a única violentada por ele.

Pais desconhecidos

Aos parentes e amigos ela dizia que os filhos eram de “pais desconhecidos”.  O delegado disse ainda que pedreiro, além desse crime, já havia sido denunciado por lesão corporal, perturbação e maus tratos. 
Por engravidar a filha, o pedreiro pode ser condenado a 15 anos de prisão. Após ser mostrado à imprensa local, o acusado seria levado para o presídio de Campo Grande, ainda na noite de quarta-feira. A vítima já não mora com os pais.
Até a noite de ontem, o pedreiro ainda não era defendido por advogado. Ele nada disse diante da imprensa.

MMA

Bisping se prepara para luta longa contra Belfort: “Ele cansa e se torna um saco de pancadas”

Principal nome da Inglaterra no UFC, o já veterano Michael Bisping é famoso por seu estilo falastrão. Ele não tem nenhum problema para provocar seus rivais e a vítima da vez é o brasileiro Vitor Belfort, que vai enfrentá-lo na luta principal do evento em São Paulo, no próximo dia 19 de janeiro, no ginásio do Ibirapuera.

Em entrevista ao site MMA Fighting, o inglês explicou qual será seu plano para o combate na capital paulista, que está acordado para ter cinco rounds. Ele vai evitar o ímpeto inicial do brasileiro, que é famoso por sua explosão no começo das lutas. A ideia é tentar prolongar o combate o máximo possível.
Até aí, tudo bem. Esse é um projeto bem factível para enfrentar Belfort. Mas então veio a clássica provocação de Bisping. Ele não deixaria passar. Para o britânico, com o decorrer da luta, Vitor se cansa muito e se torna um verdadeiro “saco de pancadas ambulante”, segundo as palavras do próprio inglês nessa entrevista.
Veja abaixo as principais explicações de Michael Bisping e responda nos comentários abaixo: Ele tem razão? Vitor Belfort pode se complicar em caso de uma luta longa?
“Estou tentando fazer com que essa luta seja algo significativo. Estou preocupado apenas em ter tudo em minhas mãos. Isso não será nada fácil. Vamos lutar no Brasil e ele bate muito forte. Mas acho que vou enfrentar uma tempestade e ele vai se tornar um saco de pancadas. Seu passado é bem documentado, e querendo ou não, seu gás acaba rapidamente. Ele diminui o ritmo após o primeiro round. Claro que para mim o começo da luta será mais perigoso. Quanto mais a luta for passando, mais ele vai se tornando um saco de pancadas ambulante. Esse será meu plano. Ele vai sair forte e será perigoso. Ele é peso médio grande, já participou do torneio de pesos pesados, já foi campeão dos meio-pesados. Mas esse é o tipo de luta que eu quero se quiser provar o que eu falo.”

Foto 1 de 195 - UFC divulga o pôster do UFC de janeiro no Brasil, dia 19 de janeiro, no Ginásio do Ibirapuera

NO VENTILADOR...

Ronaldo diz que o Brasil vive o seu pior momento no futebol na história

Rodrigo Mattos e Ricardo Perrone
Do UOL, em São Paulo
  • Reprodução de vídeo
    "Para voltar a ser protagonista, o Brasil vai ter que mudar", decretou Ronaldo sobre a seleção brasileira "Para voltar a ser protagonista, o Brasil vai ter que mudar", decretou Ronaldo sobre a seleção brasileira
O ex-jogador e membro do COL (Comitê Organizador Local) Ronaldo disse que o Brasil talvez viva o seu pior momento na história do futebol. Seu comentário foi após ser questionado pelo fato de o Brasil ter apenas um jogador entre 30 atletas ofensivos na lista de melhores do mundo anunciado pela Fifa, incluindo 15 meio-campistas e 15 atacantes.
"Acho que confirma o que tenho falado que o Brasil viva uma entre-safra. É o momento de reciclar. O futebol brasileiro, obviamente, não vive o seu melhor momento. Talvez até o seu pior momento da história. A Espanha tem feito algo extraordinário, tem mostrado futebol extraordinário, envolvente e objetivo. Isso além de ser o momento difícil para o futebol brasileiro. Temos grandes talentos, que chamam atenção no ataque, mas não são protagonistas. É um momento de reflexão. Para voltar a ser protagonista, o Brasil vai ter que mudar. Mas acredito que isso vai acontecer", disse Ronaldo.

Na lista dos 30 jogadores ofensivos, o único brasileiro é Neymar. Há ainda como defensores David Luiz, Thiago Silva e Daniel Alves, em um total de 20 da lista.
Em seguida, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, concordou com Ronaldo sobre o momento do futebol brasileiro. "Você está absolutamente certo", disse o cartola da entidade máxima do futebol.

Tanto Ronaldo quando Blatter admitiram ser difícil para Neymar ser incluído entre os três melhores jogadores do mundo enquanto atuar no Brasil. Os escolhidos foram Iniesta, Messi e Cristiano Ronaldo, todos atuando no futebol espanhol. Na análise do ex-jogador e do cartola, isso só pode acontecer em 2014 caso ele tenha participação decisiva na Copa do Mundo.
"Neymar, sendo um jogador excepcional, pode conseguir com a seleção brasileira, e na Copa 2014. Mas, em relação a clubes, é difícil ser o melhor longe fora da Europa", disse Blatter.
Para Ronaldo, atingir a lista dos 15 melhores atacantes já é um reconhecimento para o atacante santista enquanto atuar no país. "Neymar estar na lista é um reconhecimento. Para ser o melhor, ou ele tem que jogar na Europa, ou em 2014 arrebentar com a seleção. Aí sim, o mundo todo vai estar vendo ele. Ele é protagonista no Brasil, mas pouco se vê na Europa. O mundo não conhece o futebol do Neymar. Dependendo da sua ambição de ser o melhor do mundo o caminho mais curto é jogar na Europa", concluiu o cartola do COL.
O jogador ainda fez elogios à lista da Fifa, que considerou justa. Para ele, Messi continua a estar um pouco acima de Cristiano Ronaldo. Mesmo assim, ele afirmou que, hoje, a concorrência para a Bola de Ouro, principal título da entidade, é menos concorrido do que na sua época. "Naquela época, eu concorria com o Rivaldo, Figo, Zidane, Beckham. Havia uns 10 que podiam disputar", observou.

COMEÇOU MAL...

Bancários repudiam declaração de Felipão e dizem que técnico desrespeitou classe

Do UOL, em São Paulo

  • Rafael Ribeiro/Divulgação/CBF
     Luiz Felipe Scolari discursa ao lado de Marco Polo Del Nero durante anúncio no Rio Luiz Felipe Scolari discursa ao lado de Marco Polo Del Nero durante anúncio no Rio
A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) se manifestou, por meio de sua assessoria de imprensa, sobre as declarações do novo técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, que citou o Banco do Brasil ao dizer que jogadores não podem ter medo de defender a equipe.

“Se não quer pressão, então é melhor não jogar na seleção. É melhor ir trabalhar no Banco do Brasil ou em um escritório”, falou nesta quinta-feira, em entrevista coletiva.


A confederação disse que Felipão desrespeitou os bancários e demonstra desconhecimento sobre o trabalho dessa profissão.


“Cerca de 1.200 bancários são afastados do trabalho mensalmente, por razões de saúde, vítimas do assédio moral e da pressão violenta para que cumpram as metas abusivas de produção e vendas impostas pelas instituições financeiras, inclusive o Banco do Brasil”, diz trecho do comunicado.
O Banco do Brasil também se pronunciou a respeito da declaração do treinador por meio de nota à imprensa. No texto, a empresa deseja boa sorte a Luiz Felipe Scolari em seu "novo desafio à frente da seleção", mas diz lamentar o "comentário infeliz do treinador".

Veja na íntegra o comunicado dos bancários
A Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) repudia a declaração do técnico Luis Felipe Scolari sobre o trabalho dos bancários do Banco do Brasil, feita na entrevista coletiva desta quinta-feira 29, no Rio de Janeiro, ao reassumir o posto de treinador da Seleção Brasileira.
Ao afirmar que, “se não tiver pressão, vai trabalhar no Banco do Brasil, senta no escritório e não faz nada”, Felipão não apenas desrespeita os trabalhadores bancários, como demonstra total desconhecimento sobre a realidade do trabalho no sistema financeiro nacional.
Cerca de 1.200 bancários são afastados do trabalho mensalmente, por razões de saúde, vítimas do assédio moral e da pressão violenta para que cumpram as metas abusivas de produção e vendas impostas pelas instituições financeiras, inclusive o Banco do Brasil.
Luis Felipe Scolari começou mal como novo técnico da Seleção Brasileira. Esperamos que ele não esteja tão desatualizado sobre futebol quanto está sobre as relações de trabalho nos bancos.
Confira a nota à imprensa publicada pelo Banco do Brasil
 
116 mil funcionários todos os dias vestem a camisa do Banco, com as cores do Brasil, e trabalham com dedicação e compromisso para atender com excelência às necessidades de nossos clientes e do nosso País
 
O Banco do Brasil, junto com todo o povo brasileiro, deseja boa sorte ao técnico Luís Felipe Scolari em seu novo desafio à frente da Seleção, e torce para que as grandes conquistas do vôlei brasileiro, patrocinado pelo BB há mais de 20 anos, inspirem o trabalho da Seleção.  
 
Entretanto, o Banco do Brasil lamenta o comentário infeliz do técnico Luis Felipe Scolari e afirma que se orgulha por contar com 116 mil funcionários que todos os dias vestem a camisa do Banco, com as cores do Brasil, e trabalham com dedicação e compromisso para atender com excelência às necessidades de nossos clientes e do nosso País.
 
Para a família BB, planejamento, respeito e organização são os segredos para uma estratégia de sucesso que transforma a pressão do dia-a-dia em motivação para as conquistas e para o apoio ao desenvolvimento do Brasil..

A MORTE TE CHAMA

George Bush pai, de 88 anos, é hospitalizado com bronquite

EFE Em Washington
  • Carolyn Kaster/AP
    George H. W. Bush recebe medalha do presidente Barack Obama em 2011
O ex-presidente dos Estados Unidos George H. W. Bush está internado em um hospital de Houston (Texas) há uma semana por causa de uma bronquite, informou nesta quinta-feira o jornal local "Houston Chronicle".
Bush pai, de 88 anos, sofre de bronquite e apresenta uma profunda tosse, mas os médicos consideram que sua vida não está em risco, declarou ao jornal seu porta-voz, Jean Becker.
Becker assegurou que "por respeito a ele" sua internação não foi informada até hoje, mas o ex-presidente foi hospitalizado há uma semana, coincidindo com a celebração do Dia de Ação de Graças.
Seu filho, o ex-presidente George W. Bush, e sua esposa Laura o visitaram no domingo passado no hospital.
Bush pai já tinha entrado e saído diversas vezes do hospital de Houston nas últimas semanas e em suas mais recentes aparições públicas mostrava um aspecto cansado e débil.
"Seu grande problema é a tosse crônica", esclareceu Becker, garantindo que "não é uma doença que ameaça a vida" e que espera-se que volte para casa este fim de semana.
George H. W. Bush foi vice-presidente por dois mandatos durante a presidência de Ronald Reagan e foi presidente entre 1989 e 1993.

É ASSIM QUE É, INFELIZMENTE


CONVITE:


LUTO...

"Ele foi o melhor jornalista que um filho pode ter como pai", diz filho sobre morte de Joelmir Beting

Amanda Serra, Guilherme Solari e Mariane Zendron
Do UOL, em São Paulo
  • Reprodução
    Jornalista Joelmir Beting morre em São Paulo aos 75 anos Jornalista Joelmir Beting morre em São Paulo aos 75 anos
Jornalista, comentarista de economia e política do Grupo Bandeirantes, Joelmir Beting morreu na madrugada desta quinta-feira (29) à 0h55 em São Paulo. Ele sofreu um acidente vascular encefálico hemorrágico no domingo, considerado "irreversível". A notícia da morte do jornalista comoveu artistas e colegas de profissão. "Ele foi o melhor jornalista que um filho pode ter como pai", lamentou seu filho Mauro Beting, que recebeu a notícia quando trabalhava na Rádio Bandeirantes e a veiculou ao vivo. Ouça à homenagem abaixo.
Alguns jogadores do Palmeiras colocaram um manto do time em cima do caixão de Beting durante o velório, que aconteceu das 8h às 14h. O corpo foi cremado no Cemitério Horto da Paz. O jornalista de 75 anos estava internado desde 22 de outubro por causa de complicações renais, resultantes de uma doença autoimune. O quadro se agravou após o acidente vascular hemorrágico, que o deixou em coma e respirando com ajuda de aparelhos.

Leia abaixo a repercussão entre jornalistas e outras personalidades:
O jornalista Joelmir Beting foi um mestre em uma das missões primordiais do jornalismo: a de explicar as notícias mais complexas de uma forma simples, nunca simplória. Beting aliava um conhecimento profundo da economia brasileira com uma comunicação didática. Usava comparações de uso corrente para fazer com que todo brasileiro pudesse compreender e formar sua própria opinião sobre os fatos. Como colunista de jornais, na TV e rádios, Beting abriu caminhos para um jornalismo econômico sob o ponto de vista do cidadão, não de autoridades, nem de corporações. Suas lições merecem ser seguidas. Neste momento de pesar, solidarizo-me com os familiares e amigos deste grande jornalista.
Dilma Rousseff, em nota oficial

Fui colega dele na Band e toda vez que entrava na redação tinha uma frase interessantíssima para dizer. Ele sempre dava um enfoque genial para as coisas. Sempre tinha a frase que todo jornalista quer ter na ponta da língua. Ele era o rei da metáfora e se servia muito bem dela para fazer os outros entenderem o que estava querendo dizer. Um verdadeiro gênio. Também tenho contato com os familiares dele. Joelmir tinha a família mais feliz que eu já vi na vida. Era palmeirense tão doente que tinha uma fazenda chamada Palestra. Dizia que o nome vinha do Palmeiras e também das inúmeras palestras que dava. Eu estava no ar quando fiquei sabendo e foi dificílimo continuar. Era um cara maravilhoso, adorável.

Bárbara Gância, jornalista, por telefone
Tentei fazer uma homenagem para ele, mas me faltaram palavras. Trabalhamos juntos na "Folha de S. Paulo". Ele era um ser incrível, muito bem humorado, não havia quem não gostasse dele. Brincávamos muito porque, além de tudo, torcíamos para o Palmeiras e sempre fazíamos piadas, inclusive sobre a má fase do time. Ele tinha um humor muito inteligente. Quando o Joelmir chegava, a redação se iluminava e não estou falando isso só porque ele morreu, não. É uma pessoa que, sem dúvida, vai deixar muita saudade.
Boris Casoy, jornalista, no "Jornal da Noite"

Ele foi um maridão. Nós iríamos completar 50 anos de casados no dia 14 de abril. Quer dizer, vamos completar. Ele foi só um pouquinho antes. A gente comemora aqui e ele comemora no céu. Meu coração está em paz. Ele estava esperando se recuperar para voltar a trabalhar imediatamente.

Lucila Beting, mulher de Joelmir, no Cemitério do Morumbi

Joelmir foi um cara que viveu intensamente. Só deixa coisas boas. Na vida particular, ele era muito melhor que o brilhante jornalista. Sempre tinha uma palavra amiga uma brincadeira para fazer. Nunca o vi deixar ninguém para baixo. O homem que ele era sempre superou a obra. Ele vai deixar uma lacuna imensa no jornalismo brasileiro. Ninguém vai conseguir ocupar o lugar dele.

José Luiz Datena, apresentador, no Cemitério do Morumbi
O Joelmir foi uma inspiração para todos os jornalistas da minha geração que fizeram TV. Sempre foi um exemplo a ser seguido. Era uma pessoa calma, que ajudou a entender como funcionava a televisão. Ele era um jornalista apartidário, imparcial e a única paixão que ele se permitia era o Palmeiras. Ele sempre me tratou com carinho e estou muito triste que eu não o visitei no hospital. Não queria acreditar que o quadro dele era irreversível, queria tê-lo  visitado em sua casa.
Carlos Nascimento, jornalista, no Cemitério do Morumbi
Ele vai deixar muitas saudades. Era um amigo, um conselheiro. Tive o privilégio de conviver muito com ele. Ele quebra a regra de que ninguém é insubstituível. Era uma pessoa com muitas qualidades, um bom comentarista, economista e jornalista . Vai ser difícil juntar tudo isso em uma só pessoa. Geralmente a gente é bom em uma ou outra coisa, ele conseguiu juntar tudo. Vai ser difícil substituí-lo.
João Carlos Saad, presidente do grupo Bandeirantes

Nós convivemos por sete anos. Ele sempre foi um pai e um avô presente. Era inovador, criativo, uma figura cativa. Nunca o ouvi perder a paciência e o bom humor. O Jo era um contador de histórias. Ele inventava mentiras verdadeiras, de tão bom que era. Acompanhar uma gravação com ele era como um recreio e é essa pessoa humana que vai fazer falta. Ele deixa uma lacuna no jornalismo, mas o que vai fazer falta mesmo é o humano.
Ricardo Boechat, jornalista, no Cemitério do Morumbi
Uma honra imensa ter sido, um dia, colega de redação de um sujeito talentoso, divertido, decente e querido como o jornalista. Joelmir Beting por décadas alertava para o Brasil dar certo. Inteligente, irônico e simples. Deixou um legado a ser honrado.
William Bonner, jornalista, pelo Twitter

Meu afeto à querida família Beting. Tipo raro no jornalismo, Joelmir encantava plateias com inteligência, humor e ironia

Marcelo Tas, jornalista, pelo Twitter

Foi um privilégio trabalhar com o Joelmir. Foram quase cinco anos na bancada. Ele me ensinou não só profissionalmente como também me acolheu. Ele me respeitava, me tratava como profissional. Era a minha referência profissional. Vai fazer muita falta para o jornalismo, para a economia e como ser humano. Era um homem de caráter. Vai ser muito difícil tocar o jornal sem ele. Apesar de ele estar afastado por três meses, ontem foi o último dia dele. Vou sentir muita falta.

Ticiana Villas Boas, jornalista, no Cemitério do Morumbi

O Joelmir sempre foi uma pessoa muito importante. Minha primeira chamada para um jornal foi para ele, em 1984. Ele fazia o jornal de uma forma divertida. Vai fazer muita falta
.
Otávio Mesquita, apresentador, no Cemitério do Morumbi

O Joelmir tinha uma característica bárbara, traduzir o 'economês' para a economia popular, com uma pitada inteligente e uma ironia fina. Um dos termos que mais me marcou foi "na prática a teoria é outra". Foram 40 anos de amizade e ele foi mais que um amigo, Foi um professor. Tinha uma rara inteligência para concentrar em poucas palavras uma página inteira. Era um homem bom, de bom coração, com um belíssimo caráter.

Paulo Maluf, político, no Cemitério do Morumbi

O Joelmir foi um gênio. O Brasil hoje fica menos inteligente do que era. Aprendi muito com ele. Em termos de comunicação, ele era imbatível

Delfim Neto, político, no Cemitério do Morumbi

Tive a grande alegria de trazer o Joelmir de volta para a Band, um grande momento da minha vida e da dele. Tinha a sensação de que a Band era a casa dele. Ele era um cara simples, com bom humor, prestava atenção em tudo. O Joelmir mostrou que é possível tratar de assuntos profundos e ser entendido por uma grande parcela da população .

Marcelo Parada, diretor de jornalismo do SBT, no Cemitério do Morumbi
Tive o privilégio de conviver com Joelmir na mesma redação quando eu era jornalista da Band FM e ele na rádio AM e TV. Fica em paz.
Serginho Groismman, apresentador, pelo Twitter

Joelmir Betting...obrigada por tantas vezes ter me ajudado a entender o economês. RIP
Astrid Fontenelle, jornalista, pelo Twitter

Ele foi o precursor do jornalismo econômico no Brasil. Ele conseguiu traduzir a economia para o entendimento de todos. A partir dele, surgiram outros tantos, mas o lugar dele nunca será ocupado.

Flavio Ricco, colunista do UOL, por telefone
Deixo meu carinho a família do jornalista Joelmir Beting.
Luciano Huck, apresentador, pelo Twitter

Joelmir tem uma importância fundamental para o jornalismo brasileiro. Foi um dos primeiros jornalistas econômicos do país. Ele abriu portas para muita gente nessa área. Sempre o acompanhei como ouvinte
.
José Silverio, jornalista, por telefone
O jornalismo brasileiro fica mais chato e desinteressante sem o gênio Joelmir Beting. Obrigado pelos serviços prestados.
Pablo Miyazawa, jornalista, pelo Twitter
Perdemos o cara das metáforas criativas, charme, capacidade de traduzir o linguajar segregacionista do economês em idioma popular..Joelmir...
Roberto Cabrini, jornalista, pelo Twitter
O jornalismo brasileiro perde um jornalista de placa
Gloria Perez, dramaturga, pelo Twitter
Morre Joelmir Beting, o “mago” do jornalismo brasileiro.
Milton Neves, jornalista, pelo Twitter

Em economia, é fácil explicar o passado. Mais fácil ainda é predizer o futuro. Difícil é entender o presente." Joelmir Beting in memoriam

Gilberto Gil, músico, pelo Twitter
Que dia triste com a partida de Joelmir Beting.
Andre Barcinski, jornalista, pelo Twitter
Vai fazer falta enorme! Grande profissional!
Leda Nagle‏, jornalista, pelo Twitter

Pena que nem todos que o admiravam puderam conhecer a pessoa do Joelmir. Muito trabalhador, honesto, tímido e, acreditem, muito engraçado.
César Filho, jornalista, pelo Twitter

Joelmir Beting: um dos cérebros mais brilhantes que conheci! Culto, humor certo, carismático e grande colega! Cumpriu sua missão com louvor!

Renata Fan, jornalista, pelo Twitter
Luto. Por quem tanto me ensinou e me fez sorrir. Que os anjos de Deus te guiem... É com pesar e dor q me despeço.
Nadja Haddad‏, jornalista, pelo Twitter
Impossível segurar as lágrimas. Força, amigo.
Everaldo Marques‏, jornalista, pelo Twitter

Um dos mestres do jornalismo. Tinha uma facilidade incrível para se comunicar com o público e explicar algo tão complexo como a economia, com uma linguagem fácil de entender, sobre um assunto que interessa a todos. Uma perda irreparável. Fico triste pelo meu parceiro Mauro Beting.

Leandro Quesada, blogueiro do UOL e repórter da Rádio Bandeirantes

Queridos amigos que estão mandando mensagens tão lindas e respeitosas, um muito obrigado em nome de toda a família.

Erich Beting, jornalista blogueiro do UOL e sobrinho de Joelmir Beting, pelo Twitter

Tive a honra de, iniciante neste ofício, dividir a tela com Joelmir. Ao Mauro Beting, ao Erich Beting e família, meus sinceros sentimentos.

Leonardo Bertozzi, jornalista da ESPN, pelo Twitter
O dia começou triste com a notícia do falecimento do Joelmir Beting. Oremos.
Patricia Maldonado, jornalista, pelo Twitter
Peço a toda torcida do Palmeiras que se una em fuerza de orações para Deus confortar lá família de Joelmir Beting
Hernán Barcos, jogador do Palmeiras, pelo Twitter
 
Lágrimas por Joelmir Beting, que morreu nesta madrugada, aos 75 anos
Milton Jung, jornalista da rádio CBN, pelo Twitter
 
Joelmir Beting tirou o jornalismo econômico da linguagem difícil de entender. Foi pioneiro. Mostrou o caminho de escrever e falar claro.
Miriam Leitão, jornalista, pelo Twitter
 
Faleceu uma das pessoas mais importantes da televisão brasileira! Joelmir Beting! Que Deus te cuide no céu Joelmir!
Roberto Carlos, jogador de futebol, pelo Twitter

Triste com a morte de Joelmir Beting. Os grandes vão e a gente, que está ali pelos 30 e 40, ainda tinha tanto pra aprender com eles...

, jornalista, pelo Twitter

ISSO AQUI É UMA GUERRA!!!

Polícia prende homem com lista com nomes e rotina de PMs

 
DE SÃO PAULO
A Polícia Civil prendeu ontem um homem no Jardim Macedônia, zona sul de São Paulo, com uma lista com nomes e detalhes sobre a rotina de policiais militares. Na casa dele os policiais também encontraram 16 kg de cocaína, uma metralhadora 9 milímetros e cinco bananas de dinamite.
O vidraceiro Fábio Silva de Souza, 24, foi preso por volta das 10h30 após uma denúncia anônima por policiais do 73º DP (Jaçanã), que investigavam o tráfico de drogas na zona norte. De acordo com polícia, Souza distribuía drogas para micro-traficantes da região.
A polícia também investiga se Souza tem ligações com a facção criminosa PCC. Ele foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma.
A polícia não revelou os nomes dos PMs que estavam na lista e nem se algum deles está entre os 96 policiais assassinados neste ano.
ITAQUAQUECETUBA
Na terça-feira, a polícia apreendeu documentos que comprovariam que o PCC ordenou a morte de policiais militares.
Os papéis foram apreendidos na casa de Cícero Júlio Machado Lopes, o Juninho, 36, em Itaquaquecetuba (Grande SP). Ele é apontado como um dos chefes do tráfico na região de Mogi das Cruzes.
Entre os documentos apreendidos pelos policiais do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) está uma carta, com data de 9 de julho, em que Lopes justifica o assassinato de um policial após uma discussão em um baile funk.

Divulgação/Polícia Civil de SP
Documentos apreendidos pela polícia com traficante suspeito de ligação com o PCC
Documentos apreendidos pela Polícia Civil na casa de Cícero Júlio Machado Lopes, o Juninho, 36
"Essa situação só ocorreu por o mesmo (PM) ter se apresentado (sic) como polícia", diz um dos trechos da carta.
Lopes estava foragido desde maio, quando não retornou para o presídio de Valparaíso da saída temporária do Dia das Mães.
"Ele cumpria pena por tráfico de drogas e recebeu direito de sair da cadeia no dia das Mães. Aproveitou o benefício para matar o policial e fugir", disse o delegado Sérgio Alves.
A polícia ainda investiga qual PM foi morto pelo traficante.
Os policiais também apreenderam na casa de Lopes a contabilidade do tráfico de drogas, lista com nomes de novos integrante do PCC e três "salves" -- comunicado enviado pela cúpula aos membros da facção.

FINALMENTE...

MP investiga remoção de favelas próximas a lançamento de 14 empreendimentos em SP

Janaina Garcia
Do UOL, em São Paulo

  • Fabiana Nanô/UOL
    Favela do Piolho, no Campo Belo, zona sul de SP Favela do Piolho, no Campo Belo, zona sul de SP
  •  
A Promotoria de Habitação e Urbanismo de São Paulo investiga a remoção de moradores de favelas localizadas no entorno de 14 empreendimentos imobiliários lançados ou em vias de lançamento na região da avenida Chucri Zaidan, polo comercial de alto padrão do Campo Belo, na zona sul da capital paulista.
A área está dentro do perímetro da operação urbana Água Espraiada, da Prefeitura de São Paulo, que prevê a revitalização da região, próxima à avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, com a implementação de habitações sociais, sistema viário e transporte coletivo.
De acordo com o promotor José Carlos Freitas, o Ministério Público apura se as famílias removidas, supostamente em função de interesse imobiliário, estão sendo levadas para habitações sociais perto de onde moravam, conforme previsto.

Clique na imagem para ver em tamanho maior

  • Arte/UOL
"Pela lei que a criou, a operação urbana precisa prover essas habitações às famílias removidas dentro da sua área de abrangência. O que verificamos é que o poder público está tentando tirar famílias que moram em favelas de todo o entorno da Chucri Zaidan para jogá-las em outro extremo desse perímetro, no Jabaquara", disse Freitas, em entrevista ao UOL.
Para o promotor, "o programa político hoje é de expulsão dessas famílias". "São porteiros, donas de casa, domésticas com seus trabalhos e filhos em creches, por exemplo. Transferir essas pessoas para longe dali é mais gasto público com infraestrutura e mais bolsões de pobreza que tradicionalmente se formam", afirmou, ressaltando que a escolha por áreas distantes é conveniente ao governo municipal. "São áreas bem menos valorizadas."
Incêndios em favelas de São Paulo em 2012
Freitas solicitou em setembro à Prefeitura de São Paulo dados sobre a assistência médica, social e habitacional dada aos moradores da região da Água Espraiada, inclusive da favela Sônia Ribeiro, conhecida como Piolho, que foi alvo de um incêndio que deixou mais de mil desabrigados no início daquele mês. A comunidade, que fica no Campo Belo, está próxima do Aeroporto de Congonhas e das obras da linha 17-ouro do Metrô.

MP investiga se incêndios nas favelas de SP têm relação com interesse imobiliário

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo) investiga se existe relação entre os incêndios em favelas e a ação de grupos criminosos que representem interesses de especulação imobiliária. Entre os casos investigados está o incêndio que deixou 1.140 pessoas desabrigadas na favela do Piolho, no dia 3 de setembro. Em outro caso, o MP apura versão diferente da apontada pela polícia para incêndio na favela do Moinho ocorrido no dia 17 de setembro.
A Prefeitura informou que foram arrecadados R$ 3,2 bilhões para a operação urbana, de modo que R$ 2,9 bilhões advêm de leilão de Cepacs (Certificados de Potencial Adicional de Construção).
Segundo o promotor, "curiosamente", cerca de R$ 106 milhões (3,3% do arrecadado) foram gastos em obras de desapropriação e R$ 76 milhões em "taxa de administração" da SP Urbanismo (2,3%), que gerencia a operação, enquanto apenas R$ 73 milhões (2,2%) foram para as Habitações de Interesse Social (HISs).
"É muito pouco", criticou Freitas. "Notamos uma visível tendência de beneficiar a infraestrutura das proximidades de lançamentos imobiliários e uma arrecadação grande aos cofres do município, mas uma distribuição social muito pequena em obras e serviços que não são especificados quais."
Com isso, sobraram quase R$ 2,5 bilhões --78% do arrecadado-- ainda sem uso.

 

Outro lado

Procurada pela reportagem, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano informou que os R$ 73 milhões destinados às HISs são para obras nos conjuntos Jardim Edite (R$ 31.462.963), Corruíras (R$ 26.452.295) e W. Luiz-Estevão Baião (R$ 15.796.960).

Mais R$ 106 milhões destinados a desapropriações, disse a pasta, serão gastos nos terrenos onde serão construídos os três conjuntos citados "e demais HISs nos setores Jabaquara e Americanópolis".
Sobram ainda R$ 152 milhões (4% do arrecadado) de recursos vinculados, que estão em caixa e devem ser usados em HISs. A secretaria afirma que, somando os valores, o total destinado às habitações é de cerca de R$ 332 milhões, embora não detalhe como e quando a maior parte do dinheiro será empregada.
"É possível verificar que a parcela destinada a HIS tem superado a casa dos 10%, índice que se tornou, a partir da Lei 15.416/2011, o mínimo a ser aplicado em HIS, voltado ao atendimento das famílias moradoras de favelas atingidas pelas obras do Programa de Intervenções da OUC Água Espraiada", informou o órgão.
Sobre a taxa de administração, a pasta disse que ela também engloba a SP Obras e "remunera os serviços prestados para gestão, gerenciamento, acompanhamento de todo o processo de emissão, distribuição e vinculação de Cepacs, bem como de obras, projetos, desapropriações e demais despesas no âmbito da OUC Água Espraiada".
A taxa de administração, segundo a Prefeitura, é de 1,5% sobre o valor arrecadado de Cepacs e de 3% sobre todas as demais despesas mencionadas.