SEJAM BEM VINDOS AO MEU BLOG, O OBJETIVO É FALAR DAS EXPERIÊNCIAS QUE TENHO AO LONGO DOS MEUS DIAS, AQUI SABERÃO UM POUCO DE MIM, DO QUE PENSO E DO QUE ACHO QUE SEI, BOA LEITURA E DIVERSÃO.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

AOS FÃS E OUVINTES DO BLACK TOTAL:

BLACK TOTAL 79 - ESPECIAL REALIDADE CRUEL - FAÇA O DOWNLOAD NO MEU BLOG -->> waguinhobsl.blogspot.com

ROLA HOJE >>>>


LETRAS DE RAP - RACIONAIS MC´S - VIDA LOKA II


CORUJA:


OWLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL!!!!!


ROLA HOJE:


PORTA DOS FUNDOS:


EXTRAIDO DO KIBELOCO:

PRACAS DO BRAZIU (2681 A 2700)


1
2
3
4
5
67
9
10
11
12
13
14
Enviados por Alex, Clayton, Diogo, Duarte Junior, Edilson, Felipe, Jonathan, Junior, Kamila, Luciana Paixão, Newton, Ricardo e Thiago.

ASSOPRA!


Ronaldo, Carnaval

EXTRAIDO DO BLOG - TE DOU UM DADO:

Como saber que uma festa foi boa?

Publicado por: Polly
Sabe como você descobre que uma festa foi boa, BOA MESMO?
Screenshot 2015 02 26 at 15 Como saber que uma festa foi boa?
Quando três dias depois você ainda tá vendo Jesus nas fotos. Também queremos tomar um tiquinho do que tinha nessa festa aí, Fê!

EXTRAIDO DO MORRI DE SUNGA BRANCA:

Eu tô no chão, Rapariga! (versão Madonna)

Dudu Guimarães 26 de fev de 2015 - 20:23
Ontem foi dia do BRIT Award, uma cópia mal feita do Grammy. Artistas como Ed Sheeran, Taylor Swift e Sam Smith foram premiados em Londres.

Mas nenhum prêmio foi melhor do que um momento em especial. A Madonna fazendo check in no chão.


Ops, é outra Madonna...


Ops, é outro tombo, peraí... Agora sim!



Confira comigo no Replay!!!


Espero que ela rapidamente se recupere pra voltar a apresentar o Mais Você!





5 motivos para assistir Superpai

Morri de Sunga Branca - 18:31
Vamos falar de coisa boa? Vamos falar sobre o cinema nacional!
Hoje tem estreia nos cinemas do filme Superpai


E por que a gente deve assistir?
1) Porque tem no elenco a nossa eterna ex panicat, ex fazenda, d1v4 idolatrada : Nicole Bahls

fala ca mia mão
2) Porque tem no elenco nossa linda, plena, realizada, loira, ryca, que paga em dia as prestações do carnê do baú da felicidade, a maravilhosa: Dani Calabresa.



3) Porque tem no elenco o Selton mello, nosso eterno Chicó de O Auto Da Compadeci...não pera, é o irmão dele, o Danton Mello, não, é o Selton...não, pera...é o Danton mesmo, aff não sei, eu confundo um com o outro desde sempre, mas juro que pegaria os dois fácil fácil, sem beber e de luz acesa.

4) Porque no filme tem barraco, confusão e gritaria... do jeito que a gente gosta.

5) Porque a gente adora uma desculpa pra comer porcaria, ou seja, ir ao cinema.

Então chama seu mozão pra ir no cinema com você ver o filme, se você não tiver mozão chama aquela miga feia que você gosta de sair com ela só porque assim você vai ser a mais bonita e cobiçada por falta de concorrência mesmo.

ROLA AMANHÃ:


FICA A DICA....


AMO O VÔLEI FEMININO!!!!


TAMBÉM ACHO...


CONHEÇO GENTE ASSIM...


QUE ISSO FERA ?????!!!!!


EXTRAIDO DO BLOG DO MÁRIO MAGALHÃES:

Na pancadaria pró e contra impeachment, um brigão usou anel de soco inglês?

Mário Magalhães

À frente, na mão esquerda: anéis só para adornar? - Foto Domingos Peixoto/Reprodução "O Globo"
À frente, na mão esquerda: anéis só para adornar? – Foto Domingos Peixoto/Reprodução “O Globo''

Detalhe da foto feita por Domingos Peixoto
Detalhe da foto feita por Domingos Peixoto

Sei que anda difícil, mas esqueça, se possível, os méritos ou deméritos dos partidários de Dilma Rousseff e dos opositores que propõem o impeachment da presidente.
Caso busque opinião, e para seguir adiante no que o post quer mostrar, ofereço dois brindes, ao gosto do freguês:
clique aqui para assistir ao vídeo com o discurso do ex-presidente Lula no ato de anteontem “em defesa da Petrobras'', no auditório da Associação Brasileira de Imprensa;
e aqui para ler um artigo do jornalista Altamir Tojal crítico a Dilma e Lula.
Outro registro: as fotografias da pancadaria que comeu do lado de fora da ABI entre manifestantes pró e contra o impeachment mostram coreografias de quem parece mais disposto a resolver divergências no braço do que com neurônios.
Vida que segue.
Eu não havia notado, mas um observador mais arguto do que eu reparou que um dos valentões apareceu quarta-feira na primeira página de “O Globo'', em imagem de autoria de Domingos Peixoto, esbanjando anéis na mão esquerda.
Parecem anéis de metal.
O soco inglês e suas variantes multiplicam o estrago do golpe.
Por isso são considerados armas brancas.
Será que o dito manifestante foi ao protesto portando anéis de ferro?
Por vaidade?
Será que algum repórter lhe perguntou?
E por que os policiais não apreenderam a arma branca, caso fossem mesmo anéis destinados a ferir?
Deveriam ter apreendido, como julgou um magistrado.
Sem contar as consequências legais de agressão, seja do lado A, do lado B ou do lado Z.
E o pior é quem vêm outono e inverno pela frente.
( O blog está no Facebook e no Twitter )

EXTRAIDO DO BLOG DO SAKAMOTO²:

Funerária é condenada em R$ 100 mil por terceirizar transporte de corpos

Leonardo Sakamoto
Uma funerária no Rio Grande do Norte foi condenada a pagar R$ 100 mil, a título de dano moral coletivo, por terceirizar de forma ilícita sua atividade-fim, ou seja, o transporte e sepultamento de corpos. Cabe recurso sobre a decisão.
A ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho (nº 0210239-15.2013.5.21.0002) foi motivada por denúncia de que a funerária São Francisco, pertencente ao Grupo Vila, havia demitido seus agentes funerários, que tiveram que abrir empresas individuais (os chamados “PJs'') para continuarem recebendo salários.
De acordo com nota divulgada pela Procuradoria Regional do Trabalho da 21a Região, após a demissão, o agente também tinha que adquirir um veículo para poder realizar os transportes de corpos. O veículo era vendido a prestações, sendo obrigatório o uso da logomarca do Grupo Vila. Não era permitida a utilização de identificação da própria empresa terceirizada no veículo, que era acompanhado por GPS pela funerária. Além disso, os PJs só podiam prestar serviços às funerárias pertencentes ao Grupo Vila – funerária São Francisco, Centro Funerário Morada da Paz, Sempre – Centro de Velórios e Funerárias e Morada Cemitérios.
O blog tentou contato com o grupo, mas não obteve sucesso. Tão logo tenha um posicionamento, publicará neste espaço.
Relatos colhidos mostram que casos com prestadores de serviço atuando por até 29 dias em um mês, enquanto quem estava em situação de CLT trabalhava 12 horas e descansava 36. A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego constatou a ilegalidade da terceirização dos agentes funerários e a não concessão de repouso semanal remunerado. A sentença foi proferida em janeiro, mas divulgada, nesta quinta (26), pelo MPT.
De acordo com a procuradora Izabel Queiróz Ramos, responsável pela ação, “as provas evidenciam a irregularidade da terceirização, utilizada apenas como meio de ampliar a jornada do trabalhador, que passou a prestar serviços várias horas por dia, sem pagamento de horas extras, e por dias seguidos, sem descanso semanal”.
A sentença, proferida pelo juiz Lucyano Athayde Chaves, da 2ª Vara de Trabalho de Natal, determinou que a funerária deixe de usar prestadores de serviço terceirizados para o transporte funerário. E a obrigou a registrar os trabalhadores.
Congresso Nacional - O caso da funerária do Rio Grande do Norte se insere em uma discussão maior e nacional que é a ampliação das situações em que empresas podem terceirizar a sua força de trabalho.
O ministro da Fazenda Joaquim Levy elogiou o projeto de lei 4330/2014 que trata do tema e está tramitando no Congresso Nacional. A aprovação da terceirização da atividade-fim da forma proposta pelo projeto, dando a possibilidade de contratar por PJ praticamente qualquer função de uma empresa, pode causar sérios danos à qualidade de vida dos trabalhadores e trabalhadoras do país.
Centrais sindicais afirmam que isso contribuiria com a precarização do trabalho. Reclamam que, transformado em lei, os chamados “coopergatos'' (cooperativas montadas para burlar impostos) e as “pessoas-empresa'' irão se multiplicar e o nível de proteção do trabalhador cair.
De acordo com um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) em parceria com a Central Única dos Trabalhadores, em média um trabalhador terceirizado trabalha três horas a mais por semana e ganha 27% menos que um empregado direto.
“Neste caso, a empresa transformou os empregados em pessoas jurídicas. As empresas terceirizadas eram os próprios empregados, cada um com sua empresa individual. Se o projeto de lei da terceirização passar, uma situação assim [das funerárias] estaria dentro da lei'', afirma a procuradora Izabel Queiróz Ramos.
Para ler a íntegra da sentença, clique aqui. 

EXTRAIDO DO BLOG DO SAKAMOTO:

Falta água aqui, sobra ali. E os políticos seguem sorrindo, otimistas

Leonardo Sakamoto
Muitos amigos dizem que sou pessimista. Mas se pessimista de fato fosse, nem levantava da cama de manhã após ler o jornal.
Não espero ou torço para que coisas ruins aconteçam, elas simplesmente surgem. Como o Godzila ou uma dose de St. Remy. Prefiro me considerar, portanto, um realista cético e levemente cínico.
Não me entendam mal, por favor, não sou preconceituoso. Até tenho amigos otimistas.
Mas, ao mesmo tempo, sinto um sentimento arrogante, daqueles bem quentinhos, quando vejo alguém acreditando em promessas tão palpáveis quanto o gnomo vegano que come a maçã esquecida na cozinha.
Ou a mulher de branco que vive nos banheiros de escolas de ensino fundamental do interior.
Como jornalista, já vi o bastante desta vida para ter severas dúvidas sobre o poder do pensamento positivo. Não, gente, não adianta mentalizar que as coisas não vão, necessariamente, acontecer. O segredo é que não há Segredo.
As pessoas dão crédito demais para isso, mas é quase a mesma lógica das jornadas de cura de algumas igrejas: você, que está doente, reza e traz o dízimo. Se curar (o que acontece em boa parte das vezes graças ao seu santo sistema imunológico, fruto de milhões de anos de adaptação evolutiva), o mérito é da igreja.
Se não curar, você que não teve fé ou não (se) doou o bastante.
Do meu ponto de vista, jornalista tem o dever de analisar as coisas por uma ótica “olha, caro governante, seu plano é lindo, mas se você inserir na história uma meia dúzia de anões ou um alce falante, não vira conto de fada?”
Dia desses, ouvi de uma colega na TV que nosso objetivo deveria ser “plantar sonhos” #vergonhalheia #ficadica
E falando em azia, eu deveria parar de assistir os telejornais da manhã.
Não por conta dos colegas de profissão – quem está com água até o joelho, com um microfone na mão, sonhando com um banho de anti-séptico para espantar a leptospirose, há muito deixou de transpirar otimismo. Mas por conta das entrevistas dos governantes que alternam pedidos de pensamento positivo pelas vítimas das chuvas e para que chova nos reservatórios secos que abastecem cidades como São Paulo e Rio.
Isso sem falar nas barragens secas de hidrelétricas, sob responsabilidade do governo federal, que ameaçam colocar mais apagões elétricos na cesta de desgraças de 2015 – que já começa cheia.
Além de falar besteira ou sumir do mapa, há outras opções:
– O governante aceita que não há muita coisa que fazer, assumindo que catástrofes e mudanças climáticas são inevitáveis, tornando-se um gerente de crise, contando mentiras e meias-verdades que nem ele ou sua equipe acreditam;
– O governante encara de frente o problema na época das vacas gordas, tendo como referência sempre o pior que pode acontecer. E o que é o pior neste caso: muita água onde não deveria haver e pouca onde deveria ter. Situações díspares separadas, não raro, por apenas alguns poucos quilômetros.
Quer saber como reconhecer um político que administra segurando a bandeira do otimismo e não a da Lei de Murphy?
Simples, é aquele que diz “a chuva, este ano, veio acima do esperado” ou “a chuva, este ano, veio abaixo do esperado''. Todos os anos.
O correto seria ele dizer que a “chuva, este ano, veio acima/abaixo do limite que a gente torcia loucamente para ser respeitado e, agora, danou-se”.
Lembro de um meteorologista dizer a um repórter uma vez:
“Colocam a culpa na meteorologia, mas nós avisamos com antecedência. Se os governantes não tomarem providências, todo ano vai ser a mesma coisa: enchentes, carros boiando, deslizamentos''. Ou falta d'água, no caso do Cantareira ou do Paraibuna.
E não se está falando de sistemas de alertas e sim de políticas de habitação decentes, saneamento, contenção de encostas, dragagem de rios, limpeza de vias, campanhas de conscientização quanto ao lixo – no caso de excesso de água.
E, ao mesmo tempo, ações para redução da perda de água em sua distribuição, construção de mais reservatórios, ação para educação da população quanto ao uso do recurso – no caso de sua falta.
Falhas, ou melhor, omissão, neste caso, custa qualidade de vida e um “foi mal, aí, não tinha como antecipar” não resolve.
Não precisamos de governantes federais, estaduais e municipais otimistas, que acreditam na possibilidade de controlar as chuvas, ou de administradores religiosos, que rezam por uma forcinha dos céus, terceirizando a responsabilidade para o Sobrenatural.
E sim de gente realista, que tem o perfil de alguém que espera sempre o pior e age preventivamente, não culpando as forças do universo pelo ocorrido, muitos menos a estatística e a meteorologia.

EXTRAIDO DO JOÃO DO MICROFONE:

CONHEÇA O CASAL QUE CHOCOU O BRASIL. :Trocou a mulher pelo sogro - Vila Velha/ES

Um senhor de 60 anos trocou a esposa por um amante, que é o próprio genro, e a família virou piada na cidade inteira e o vídeo explicando tudo circula nas redes sociais e em alguns sites de noticias.
Segundo o jornal ronda policial, o caso veio a tona quando um senhor de 60 anos foi descoberto traindo sua esposa com seu próprio genro, a esposa disse que ele gostava muito de sair para pescar e que nunca desconfiou de nada.
A filha do senhor de 60 anos está indignada e conta que foi traída porque se recusou a realizar as fantasias diferentes que o marido tinha na cama, e como o seu pai realizou essa fantasia para seu marido foi trocada e os dois resolveram ficar juntos.
E acreditem se quiserem, a família agora convive na boa todos se perdoaram e até tiraram fotos estranhas para ilustrar as reportagem!
Bom tema para os debates do "frente á frente" do programa Nilson Maria, o que acham?

EXTRAIDO DO BLOG DO NEGRO BELCHIOR:

Solidariedade e Educação: Seja um professor voluntário na Uneafro-Brasil

G

Por Douglas Belchior


Sim, nós acreditamos na Educação Popular!

Imagine um Cursinho Preparatório para vestibulares, Enem e concursos, GRATUITO.

Imagine um Cursinho que só funciona em locais cedidos, sem custo e onde todos os professores são voluntários.

Imagine que, como resultado desse esforço, muitos estudantes de baixa renda, filhos de trabalhadores e em sua maioria negras e negros, são provocadas a superar os injusto sistema dos vestibulares e chegar às universidades públicas ou mesmo privadas com bolsas de estudo.

Assista os vídeos abaixo e se encante!


1557592_280898195392464_682795010_n

São os Cursinhos Comunitários da Uneafro-Brasil.  Nesse momento, precisamos da ajuda de professores voluntários para continuar esse bonito trabalho. Se você pensa em doar um pouco do seu tempo e conhecimento para um projeto coletivo e solidário, esta é a oportunidade!

Os Cursinhos funcionam quase sempre aos sábados e eventualmente em dias de semana. Eles estão localizados em diversas regiões de São Paulo: Zonas Leste, Oeste, Norte, Sul e Centro da Capital; ABC: São Bernardo, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires; Região do Alto Tietê: Poá, Itaquá, Mogi das Cruzes e Região Bragantina: Bragança, Atibaia, Piracaia, Itatiba, sempre em bairros periféricos.

Você identifica a região e apresenta sua disponibilidade de tempo e horário.

FAÇA CONTATO, descreva sua intenção, independente de sua área de atuação.

Quem pode ajudar?

Você, profissional formado em qualquer licenciatura, ou ainda bacharel, profissional liberal, jornalistas, engenheiros, administradores, contabilistas, químicos, advogados, estudantes universitários e afins.

Quero ajudar mas não sou professor, posso?

Claro que sim! Mesmo que você não tenha uma formação acadêmica ou aptidão à sala de aula, você pode nos ajudar na organização dos trabalhos, na mobilização da comunidade, na administração do cursinho, na relação com os estudantes, na busca de apoio e sustentação do projeto enfim, se for pra ajudar, sempre tem lugar pra mais um!

Certificação pela UNESP

Universitários que precisam cumprir horas de trabalhos e atividades extra-curriculares ou estágios podem fazê-los em nossos cursinhos.

Todos os colaboradores recebem, ao final de cada semestre, uma certificação proporcional à quantidade de horas-aula ou horas-colaboração, emitida pelo Laboratório de Estudos em Políticas Públicas da UNESP, em parceria com a Associação Franciscana de Defesa de Direitos e Formação Popular, ambas parceiras do trabalho educacional da Uneafro-Brasil.

EXTRAIDO DO BLOG DO ALESSANDRO BUZO:

Aqui é trabalho !!



Sobrenome Liberdade, Buzo e comitiva

Fotos: Marilda Borges

Hoje (quinta 26/02/15) mais um reunião de trabalho.
Vai pensando que vida de curador é fácil.....
Essa semana, desde segunda-feira, teve encontro todo dia, cada dia numa ZONA de SP.
Breve iremos anunciar o projeto pra grande mídia e todos vão ficar sabendo do que se trata esses encontros que tenho postado.
Estivemos no Grajaú, extremo da zona sul.... no Relicário Rock Bar, onde acontece o Sarau Sobrenome Liberdade, mas não era dia de SARAU.... só reunião.
Aqui é trabalho
Alessandro Buzo




Buzo e F.Biz



Coletivo PI



Mano Ril e Jefferson Santana

EXTRAIDO DO FACE - IMPULSIVA:

E já vou dizendo logo, causa-me ânsia de vômito pessoas 'inhas' demais. Bonitinha, certinha, sonsinha, ihh! Desconfio sempre do estado de espírito, ou da profundidade da alma; e se realmente existe alma ali. Porque elas vivem num estado de passividade, e não por estarem felizes consigo mesmas, mas por puro comodismo. E eu já disse que odeio comodismo? É uma influência negativa, que só de olhar da preguiça, e a sociedade já não precisa mais de maus exemplos. Aquelas pessoas que entregam as páginas da própria vida em branco pro primeiro que aparece oferecendo o mínimo necessário, e não toma as rédeas do que por direito é seu. Não pede, não grita, não impõe e muito menos reage. Minha filha, você ta viva mesmo? E vai deixando que o outro pinte e borde naquela página que era sua, da maneira como bem entender, sem intervir. Vítimas da própria existência. Acabam com o emprego que dá pro gasto, com o nível escolar que dá pro gasto, e com um relacionamento que se bobear nem isso. Eu desconfio que nem exista sangue nas veias, porque parece que não sabem chorar de verdade, gargalhar, e muito menos correr atrás dos objetivos. Que objetivos? É fato que não existe nada de errado em viver na mais pura simplicidade numa casinha de sapê, desde que você não deseje nada além disso. Porque as pessoas têm mania de desejar o céu, quando não são capazes nem de se levantar do chão pra começar a caminhar. E se formos pensar na forma de transparecer pelas roupas, a Barbie com certeza tem mais vida. Eu não sei se é novela, ou desenhos da Disney demais, mas o conto de fadas é eterno. Como se com o pó mágico da Mary Kay, tudo estivesse aos seus pés, porque tem que ser tudo no padrão easy, e a personalidade mesmo, vai ficando pro segundo ou terceiro plano. Pessoas ‘inhas’, já nascem com cara de abortadas, mas é preciso não somente ser expulsa do útero para estar no mundo, e sim lutar pelo seu lugar nele.

EXTRAIDO DO BLOG DO CLAUDIO ANDRADE:

Economia de Rosinha não passa pelo aluguel de salas e garagem no Rio de Janeiro


A semana começou com surpresas que comprovam a enorme distância entre o discurso da prefeita Rosinha em economizar - devido à suposta crise - e seus atos propriamente ditos para de fato enxugar as despesas.

A surpreendente revelação feita por esta Coluna, no dia treze do corrente mês, quanto ao aluguel pago por Rosinha à Empresa Queimado Empreendimentos Agrícolas LTDA, no valor de R$ 18.105.52 mensais, para funcionamento da Secretaria de Obras do nosso município - gerando um gasto anual de R$ 217.266.24 - trouxe o tema aluguel novamente à tona.

Os dados que apresento a seguir ultrapassam os limites territoriais de nosso município e chegam à capital do Estado do Rio de Janeiro onde Rosinha já exerceu o cargo de governadora.

Caros leitores, pasmem! Na conhecida cidade maravilhosa, a Prefeitura de Campos, na pessoa de sua prefeita, celebrou um contrato de aluguel com a Empresa Merkator Administração Empreendimentos Imobiliários, situada na Avenida Almirante Barroso, 63, An 4 Sl 407, Centro, Rio De Janeiro, RJ, 20031-003.

Trata-se da locação de salas e de garagem; tudo com dinheiro público oriundo do pagamento de nossos tributos. Repita-se: de nossos tributos!

Conforme informações recebidas por esta Coluna, o aluguel das salas foi rescindido, conforme o contrato 20150040006893, ordem bancária nº 2015 OB 01872, e pagamento de R$ 5.900.50 (cinco mil, novecentos reais e cinquenta centavos), ocorrido em trinta de janeiro de 2015.

Porém, o número do contrato de locação das salas não é o mesmo da rescisão. O contrato referente ao aluguel é o de nº 20150040001137, em que Rosinha pagou por mês a quantia de R$ 7.865.28 (sete mil, oitocentos e sessenta e cinco reais e vinte e oito centavos).

Partindo do princípio de que os contratos de locação são, em sua maioria, de doze meses, pode-se concluir que Rosinha gastou por ano com o aluguel das salas a quantia de R$ 94.383.36 (noventa e quatro mil, trezentos e oitenta e três reais e trinta e seis centavos), o que é de assustar qualquer cidadão contribuinte.

Caso esse contrato de aluguel de salas no Rio de Janeiro estivesse em vigor desde a sua posse como prefeita, em 2008, somando-se os seis anos de governo, chega-se à quantia de R$ 660.683.51 (seiscentos e sessenta mil, seiscentos e oitenta e três reais e cinquenta um centavos), ou seja: mais de meio milhão de reais que saíram de nosso município para engordar as contas de mais uma empresa forasteira, sem contarmos as correções.

Além disso, Rosinha também gasta com aluguel de garagem na capital do Estado do Rio de Janeiro. A mesma empresa, Merkator Administração Empreendimentos Imobiliários, possui o contrato de locação de garagem (nº 2014.004.0077602) com a Prefeitura de Campos, no valor mensal de R$ 1.009.80 (mil e nove reais e oitenta centavos), conforme ordem bancária exemplificativa de nº OB 2014 OB 24515, apresentada na relação de despesas da Prefeitura, correspondente ao dia 23/12/2014.

Esse contrato de aluguel de garagem, até que se prove o contrário, está em vigor e gera uma despesa anual ao nosso município de R$ 12.117.60 (doze mil, cento e dezessete reais e sessenta centavos).

Caso esse contrato de aluguel de garagem no Rio de Janeiro esteja em vigor desde a posse de Rosinha como prefeita, em 2008, chega-se à quantia de R$ 84.832.20 (oitenta e quatro mil, oitocentos e trinta e dois reais e vinte centavos).

Partindo desses valores, fica a seguinte pergunta: quantos chefes de família com salários de até mil reais poderiam estar trabalhando nas firmas prestadoras de serviço se a prefeita Rosinha não se desse a esse luxo cruel na capital do estado?

Diante desses dados, a sociedade contribuinte de nosso município precisa estar ainda mais atenta, pois até agora, a crise só existe para a população. Seus governantes, pelo visto, ainda estão no campo teórico e se forem para a prática, pode ser tarde demais.

De maravilhosa nossa cidade não tem nada, não é prefeita?

Cláudio Andrade

EXTRAIDO DO FACE - EU SOU MEIGA, PORRA³:

“Você virou pra mim, riu alto e disse que eu era a melhor coisa que tinha acontecido na sua vida todinha. E eu pensei na hora: puta que pariu, a gente precisa de umas mentiras sinceras dessas na vida pra poder continuar.”

EXTRAIDO DO FACE - EU SOU MEIGA, PORRA²:

"Que eu possa tomar banho de cachoeira. Que eu seja a vontade de rir. Que eu possa chorar ao assistir filmes. Que transforme a raiva em vontade de me entender. Que eu possa soltar os vaga-lumes que prendi em potes. Que eu me lembre de ser feliz enquanto ainda estou vivo."

EXTRAIDO DO FACE - EU SOU MEIGA, PORRA:

"Nunca mande alguém se foder! Isso é feio. Mande se apaixonar, que é mais educado e dá no mesmo."

SINAL VERMELHO NIVEL MASTER >>>>


TÁ DESSE JEITO...


ABRINDO OS TRABALHOS:


DA SÉRIE - FAZ SENTIDO